Interessados devem se inscrever a partir desta terça-feira, dia 1º de outubro

 Por: Patrícia Mendonça, estudante de jornalismo

Está aberto, a partir desta terça-feira (1º), o cronograma de agendamento de visitação em grupo para a 9ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas; podem participar grupos de escolas e instituições sociais de todo Estado. A expectativa do evento é de receber, em média, seis mil visitantes diariamente. O agendamento é realizado exclusivamente on-line, na plataforma Doity, e vai até o dia 25 deste mês.

Faltando apenas um mês para o maior evento literário do país acontecer em terras alagoanas, no histórico bairro de Jaraguá, a Comissão de Visitações da Bienal convida as instituições a se anteciparem e, desde já, realizarem as concorridas inscrições dos grupos para que a participação seja garantida. Cada escola ou grupo terá a oportunidade de realizar um agendamento por dia e turno. As inscrições foram organizadas por tipos de grupo, seguindo esta divisão:

Escolas do interior (municipais ou particulares): para fazer sua inscrição, clique aqui.
Escolas da rede estadual de Alagoas: para fazer sua inscrição, clique aqui.
Escolas particulares de Maceió: para fazer sua inscrição, clique aqui.
Escolas da rede municipal de Maceió: para fazer sua inscrição, clique aqui.
Instituto Federal de Alagoas: para fazer sua inscrição, clique aqui.
Grupos diversos: para fazer sua inscrição, clique aqui.

Neste ano, visto que a Bienal vai acontecer em ambiente aberto, o número de monitores a realizarem a mediação do evento para os visitantes foi dobrado, visando uma ampla, acessível, segura e assertiva comunicação educativa com os interessados.

Além das visitas avulsas, a Bienal  pretende receber grupos de diversas esferas da sociedade, a exemplo de escolas, faculdades, institutos federais, Cras, Caps, associações, ONGs etc. A instituição que realizar o agendamento ficará responsável pelo transporte dos visitantes.


“Com o ‘novo formato’ da Bienal, a nossa atenção será toda focada na recepção e monitoramento desses grupos, durante todo percurso do evento. E para isso, iremos contar com um número maior de monitores desde a recepção até as atividades disponibilizadas para eles”, pontua Cristiane Honorato, integrante da Comissão de Visitações.

Já Jorge André ressalta a importância desse espaço concedido pela Bienal para os grupos das diversas instituições e regiões de Alagoas, visto que a educação ainda é uma questão emergente no Estado.

“Com o agendamento, buscamos oportunizar a diversos grupos a chance de fazer parte da Bienal, com a devida atenção da nossa equipe. Visamos, em especial, oferecer imersão no mundo da literatura para pessoas que têm pouco contato com esse universo nas vivências cotidianas”, acrescenta Jorge, também integrante da Comissão de Visitações.