Será na próxima sexta, no estande da Edufal na Bienal de Alagoas
Simoneide Araújo


O Abí Axé Egbé, equipamento cultural da Universidade Federal de Alagoas, reafirma seu compromisso em dar visibilidade às pessoas negras do Sertão alagoano ao lançar seu primeiro livro Ser(tão) Negro com o Abí Axé Egbé. A noite de autógrafos será na próxima sexta-feira (8), na Bienal Internacional do Livro de Alagoas, Às 19h, no estande da Edufal, no Espaço Armazém. Após o lançamento do livro, o grupo também vai se apresentar na Praça Dois Leões, fechando a programação de sexta-feira.
Para o coordenador do grupo e um dos organizadores do livro, Gustavo Gomes, o Abí Axé também tem o compromisso com a luta antirracista e articula pesquisa, extensão, ética e estética. “Nós primamos pela articulação entre ensino, pesquisa e extensão e, com esse livro, colocamos para a sociedade os resultados da nossa pesquisa científica”, destacou.
O livro tem 14 artigos produzidos pelos integrantes do grupo e por orientandos do professor Gustavo Gomes, no curso de licenciatura em História do Campus do Sertão, em Delmiro Gouveia. “São pesquisas voltadas para problematizar, no sentido de analisar a forma da presença negra, a experiência negra no Sertão alagoano”, completou.
Várias temáticas são abordadas na obra tanto no campo da educação, da religiosidade afro, do livro didático, da formação de professores, da educação quilombola quanto na questão do gênero e da sexualidade. O livro foi dividido em duas partes. A primeira trata do ensino de História e relações étnico-raciais. A segunda aborda memórias e experiências de sujeitos e grupos negros no Sertão. “É um trabalho de cunho mais historiográfico, linguístico, antropológico”, ressaltou Gomes.
Outro fato importante destacado pelo professor é que os autores dos artigos são as mesmas pessoas que o público vê dançando, tocando e cantando nas apresentações do Abí Axé. “São artistas, pesquisadores, professores que estão produzindo ciência nesses seis anos de atuação do nosso grupo Abí Axé Egbé, equipamento cultural da Ufal”, enfatizou Gomes.
Serviço
O quê: lançamento do livro Ser(tão) Negro com o Abí Axé Egbé, organizado por Gustavo Gomes e Ellen Cirilo Santos
Quando: sedxta-feira, dia 8 de novembro
Horário: 19h
Onde: no Estande da Edufal, no Espaço Armazém, em Jaraguá