Atividade começou as 11h e atraiu gente de todas as idades
Texto e fotos: Dayvson Oliveira


Na manhã deste domingo (3), a Igreja Nossa Senhora Mãe do Povo foi palco para a apresentação do Laboratório de Violino, projeto de extensão da Universidade Federal de Alagoas. O grupo de 47 violinistas, coordenado pela professora Débora Borges da Silva, roubou a atenção na 9ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas, trazendo entretenimento e informação.
A performance começou com músicas do século 19. Entre os clássicos estavam Mazas e Dvorák. Pra encerrar, nada melhor que músicas folclóricas. A professora falou sobre essa mistura: "O programa foi pensando pra fazer um mix, trazer um pouco dessa coisa da identificação com a música popular, pra aproximar o público da música clássica", disse Débora.


Além de simplesmente apreciarem, os espectadores aprenderam sobre as reações corporais de acordo com a melodia, como o balançar das cabeças ou o sorriso das crianças presentes ao escutarem 'Brilha brilha estrelinha'. Entre as peças, a professora também compartilhou um pouco sobre a origem popular do violino, que era muito comum em bares e tavernas.
Quem adorou a visita do grupo foi o padre José Nilton, monsenhor da paróquia, que não escondeu o sorriso. "O ser humano é essencialmente um ser cultural, então você vê a diversidade que o ser humano é capaz de produzir e uma delas a música, que nos transcende pra o que temos de mais rico, que é Deus", disse. O sacerdote já garantiu que vai comprar seu próprio violino.


Entre os músicos, Augusto César, de apenas 10 anos, está há mais de 1 ano tocando violino. A mãe do garotinho também é música do projeto. Pra prestigiar sua habilidade, o pequeno trouxe sua avó e sua bisavó, Maria Vieira, que veio de Pernambuco e adorou a experiência. "É uma coisa muito legal, bonito e é uma coisa da igreja", comentou.
A programação musical segue na igreja durante toda a Bienal. Na segunda, as 16h tem 'Clarino', um duo de violino e clarinete. Nos outros dias da semanas, orquestras e coros estão na programação. Pra conferir a programação completa é só clicar aqui.