Sebrae oferta diversas oficinas para o público do evento; atividade gratuitas até o dia 10



Texto e fotos: Patrícia Mendonça



Aconteceu na tarde deste 6º dia da 9ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas uma oficina para fazer cobogó, ministrada por um artesão popular de Pernambuco, formado no curso técnico de Artesanato do Instituto Federal de Alagoas. A atividade foi realizada no Inspire-se, o estande do Sebrae.

“A peça é inspirada nos cobogós de construção; mas a minha é decorativa, não tem a mesma funcionalidade que a original. Pensei na obra após uma visita de campo a umas ruínas que visitei na cidade de Rio Largo”, explicou o artesão Eduardo Faustino, de 70 anos. Os materiais utilizados para a confecção do “cobogó” são argila, a matéria prima; espátulas e facas.

O autor da obra, que perpassou seus conhecimentos para os 20 participantes da oficina, iniciou no ramo das criações artesanais em 1966, quando trabalhou com cerâmica, em Recife.



“O Sebrae é uma empresa que tem como missão incentivar o empreendedorismo. Ter a oportunidade de atuar em um evento como este em que as pessoas procuram o enriquecimento de seus conhecimentos, poder proporcionar isso para o público é realmente magnífico. Transmitimos um conhecimento que não está apenas nos livros, ele está também nas pessoas, como é o caso do oficineiro de hoje, o Eduardo Faustino”, disse Everaldo figueiredo, gerente da unidade de indústria do Sebrae.

A programação do Sebrae está sendo focada na geração de conhecimentos, que tem como pauta a Semana Global de Empreendedorismo, que coincide com o período da Bienal Alagoas. As atividades do Sebrae seguem até o dia 10, sempre 10h às 22h.