Estudantes de diferentes escolas participaram da ação

Texto: Amanda Alves 
Foto: Blenda Machado



A 9° Bienal Internacional do Livro de Alagoas também tem programação para as crianças. Na tarde desta terça-feira (5), ocorreu uma contação de histórias cantadas da Cia. Literando, formada por Damiana Melo e Sidney Sá, em frente à Igreja Nossa Senhora Mãe do Povo.

Melo explica o que é o grupo e a forma de trabalho. "A Companhia Literando tem como foco principal o trabalho com a literatura para as crianças. Nosso maior público é o infantil, e a gente trabalha contando histórias da literatura brasileira, universal. Com isso, nós juntamos a música, as cantigas, a tradição popular da nossa cultura. Juntamos tudo e construímos cada apresentação que fazemos", disse.

Everton Silva, estudante da Escola Dr. José Aroldo da Costa, esteve presente na contração de histórias junto com seus colegas de classe, e relata sua opinião sobre o momento. "Gostei muito da história contada, muito interessante, é a minha primeira vez aqui", afirma.

Já a professora da classe, Raquel Lopes, ressaltou que o momento é ímpar para os estudantes. "Não tem contração de histórias na escola, é um momento ímpar. Além disso, muitos deles nunca vieram à Bienal, então, é encantador", finaliza.