Atividade foi realizada no prédio do Iphan na tarde deste sábado (2)

Texto e fotos: Janyelle Vieira




O escritor de literatura de entretenimento André Vianco realizou, no Espaço Sesc, na tarde deste sábado (2) a palestra Da ideia ao livro, no prédio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como uma das atividades da programação da 9ª Bienal do Livro de Alagoas.

O autor de 24 obras, lançou seu primeiro livro em 2000, e trouxe a proposta nesta atividade de questionar: o que separa os livros que vendem muito dos que não vendem?

André Vianco ressaltou que um escritor é um produtor de conteúdo. "Um produtor de conteúdo é capaz de entender que cada história funciona numa plataforma e nem sempre o livro físico será o meio do produtor, pois o entretenimento se modifica de acordo com o público” destacou.

O escritor, que transcorreu a fala comparando a história clássica com a contemporânea, propôs que o público conhecesse o motivo de contar histórias; os personagens humanizados como a alma do enredo e como criar audiência. "O grande tesouro dessa aula é entender que o leitor se conecta a um personagem pela empatia" destacou.


Vianco, autor de romances e roteiros adiantou que lançará mais um livro numa plataforma nova.