A narradora é do interior de Alagoas e apresentou contos populares entre os moradores dos rios

Texto: Kerolaine Costa


O Espaço Sesc da 9ª Bienal Internacional do Livro, localizado no Iphan, recebeu na noite deste domingo (3), a narradora de histórias Linete Matias, de Piaçabuçu. Com contos, músicas e muita interação do público ela apresentou uma série de histórias sobre o Rio São Francisco.

Os “causos”, como citou Linete, foram inspirados em histórias que ouviu ao longo de sua vida e, assim, construiu as apresentações. “Eu gosto de pesquisar muito e, junto com as histórias que ouvi, cresci às margens do rio criando bicho, criando peixe e rimando”, contou.

Além das histórias contadas com a ajuda de um pandeiro, a narradora envolveu a plateia, que participou das canções sobre lendas famosas entre os moradores dos rios. Entre um conto e outro, Linete se aproximou do público ao revelar as vivências como alagoana e negra, possibilitando que, de forma leve, os presentes pudessem vivenciar suas memórias.