O professor Roberto Leher também lançou um livro sobre o assunto

Texto: Kerolaine Costa
Fotos: Thiago Prado


A escadaria da Associação Comercial teve a presença do professor Roberto Leher, ex-reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na noite da sexta-feira (8) na 9ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas. Leher falou sobre o Autoritarismo na Universidade: o desafio de popularizar a educação pública, também título do seu livro, lançado durante o evento. O público lotou o espaço em frente à Associação e vibrou durante a apresentação.

Na palestra, o educador abordou as questões educacionais no Brasil e a importância da pesquisa científica no ambiente universitário, levantado o questionamento sobre o porquê do interesse do governo em cortar as verbas das instituições brasileiras. De acordo com ele, a pesquisa científica possibilita que problemas como o óleo no Nordeste e a saúde pública sejam solucionados.

O professor presentou o público presente com o sorteio de cem livros e explicou os pontos tratados na obra, além do processo de produção que resultou no trabalho. “O ponto principal deste livro foi tentar tornar organizado o que se passa com as universidades no Brasil de hoje”, adiantou Leher.

No fim, a reitora da Ufal Valéria Correia frisou a importância do livro e da palestra do ex-reitor da UFRJ. “Nesses tempos tão sombrios, a Universidade está com a Bienal nas ruas significa que resiste e, mais do que isso, que ela caminha contra o autoritarismo. Estamos passando contra o estado democrático de direito assumido pelo governo contra a própria constituição”, afirmou.