Contação de história em libras, oficinas e apresentações musicais são as atrações mais procuradas



Texto e fotos: Kerolaine Costa




As crianças participantes da 9ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas terão várias atividades pensadas para elas. Isso porque o espaço infantil conta com diversas atividades gratuitas preparadas especialmente para este público. Basta ir até as tendas localizadas no Forte 18 de Copacabana para conferir as atividades.

Tenda Semed

O espaço da Secretaria Municipal de Educação está com ações voltadas para crianças e adultos. Estão sendo oferecidas oficinas de origami, apresentações musicais, lançamento de livros infantis, brinquedos variados e também uma exposição fotográfica sobre o trabalho realizado pelas coordenadorias do Estado. As atividades são gratuitas e não existe idade mínima para participar.


Brincando com o guerreirinho

A oficina Educação patrimonial: brincando e aprendendo, mais conhecida como tenda do guerreirinho é um espaço viabilizado pelos cursos de Arquitetura e Design da Universidade Federal de Alagoas. Nela, crianças de todas as idades podem participar de atividades como pintura, caligrafia criativa e oficina de confecção de chapéus do guerreiro. Cerca de 70 pessoas estão envolvidas na oficina que está sendo ministrada durante todos os dias da Bienal.


Espaço Pestalozzi


A Pestalozi está com um local onde ocorre contação de histórias e oficinas de pintura voltadas para as crianças e pensadas, sobretudo, na inclusão. Os profissionais da associação trabalham com a Língua Brasileira de Sinais (Libras) na maioria das atividades ofertadas. O objetivo é fazer com que a população tenha um contato maior com a linguagem e também aproximar os surdos com atividades voltadas para eles.