Evento revitaliza o histórico bairro de Jaraguá com arte, cultura, entretenimento e produção de conhecimento em diferentes áreas


Texto: Diana Monteiro


Em seu sétimo dia de realização, a 9ª Bienal Internacional do Livro continua proporcionando à comunidade atividades variadas em cerca de 15 espaços do bairro de Jaraguá, adaptados para receber o maior evento literário e cultural de Alagoas, com maior concentração na Rua Sá e Albuquerque. Palestras, oficinas, debates, arte e cultura transcorrem nesta quinta-feira (7) contemplando diferentes públicos, das 10h às 22h.

A Secretaria Municipal de Educação (Semed), marca mais uma vez presença na Bienal e oferta o Espaço Kids, localizado na Praça 18 de Copacabana, com atividades ao público infantil, durante toda manhã e tarde.
Na Praça Dois Leões as atividades programadas para esta quinta-feira são as seguintes: às 10h, Casa de Música Cultura de Paz, do Projeto Construtor da Paz, fará apresentação musical; às 16h, Pastoril Queimada da Palhinha, do Estado da Bahia; e às 21h, Premiação de Dança da Secretaria de Cultura (Secult - AL).

A programação no Pavilhão das Oficinas, localizado em frente ao Iphan, transcorre das 10h30 às 22h. O espaço foi adaptado, ofertando oito salas para as atividades diversas, em sua maioria, palestras e mesas-redondas. O Espaço Armazém, um dos mais movimentados do evento é o local da Feira de Livros, de lançamentos de obras editados pela Edufal e parceiros, também oportuniza para os autores independentes a charmosa Praça de Autógrafos, com atividades das 10h às 22h. 

No Arquivo Público, localizado no começo da Rua Sá e Albuquerque, segue a durante os três horários, com exposição, palestras e lançamentos de livros. No Espaço Sebrae, as atividades desta quinta-feira começam às 13h30 e seguem até às 22h. A programação do Sesc, que ocupa as dependências do prédio do Iphan, a artista plástica Mirna Maracajá conduz das 10h às 13h a Oficina de Ilustração e Produção Literária. No mesmo local, das 14h às 18h, a programação contempla Palestra e Grupo de Trabalho Origens e Perspectivas para a Literatura Fantástica, sob a coordenação do paraibano Bráulio Tavares.

A Igreja Nossa Senhora Mãe do Povo, próxima à Praça Dois Leões, segue com música erudita e, a partir das 14h, haverá a apresentação da Orquestra de Clarinetas da Ufal. Às 20h é a vez da Orquestra Sinfônica da Ufal apresentar-se para o público.

Também nesta quinta-feira, o Museu da Imagem e do Som, o conhecido Misa, a partir das 20h é o local da solenidade de premiação da Mostra de Dança Eric Valdo. Na Praça da Igreja nossa Senhora Mãe do Povo está definida, das 9h às 14h, Contação de Histórias pela cantora, compositora, jornalista e escritora gaúcha Angélica Rizzi.

Na Escadaria da Associação Comercial, a partir das 21h, o Samba das Mulheres, grupo que tem se projetado em Alagoas, marca presença energizando os visitantes com o genuíno ritmo brasileiro. O espaço oferta diariamente várias atividades como exposição, palestras e debates e tem sido um dos mais visitados pelo público.

Encontro da arte, cultura e conhecimento é na 9ª Bienal do Livro, promovida pela Universidade Federal de Alagoas, com encerramento no próximo domingo (10). Participe!