Atividades são gratuitas e acontecem durante todo o dia no Jaraguá


Pedro Viana





Nesta terça-feira, 5 de novembro, a programação da 9ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas está repleta de atividades para todas as idades e gostos. Para começar, durante todo o dia, das 10h às 22h, a Feira de Livros está aberta com dezenas de estandes e editoras vendendo obras a partir de R$ 1 no Espaço Armazém.

Para quem deseja participar das oficinas e palestras existem várias opções. No Espaço Sebrae, que fica ao lado da Associação Comercial, das 10h às 11h, acontece a palestra Moda Sustentável com Mônica Horta. Logo em seguida, das 11h20 às 12h começa o painel Intervenção do Design na produção artesanal com Mônica Horta, Marcela Tenório, Noeme Melo e empresários.

A programação do Sebrae segue com mais palestras e painéis dentro do segmento da Moda e Design e vai até às 20h30 com as Homenagens a clientes do Sebrae que se utilizam da Iconografia Alagoana como base de suas coleções.

Na escadaria da Associação Comercial a partir das 15h começa o Jogral dos Escritores e às 19h o Painél Táctil Asa Branca.

Na Sala Jaraguá, que fica no térreo da Associação Comercial, a 9ª edição do Universidança continua a partir das 10h com a mesa-redonda Economia criativa na produção cultural em artes cênicas em tempos de crise. A programação no espaço segue às 11h, com a mesa-redonda Qual dança se ensina na Universidade?; a oficina  Arte Gestacional (Uma ferramenta de empoderamento frente às mudanças gravídicas e puerperais) com Maria Natana e Silva Cardoso, das 14h às 17h e encerra com a oficina Filosofia e Documentário Social Latino-Americano com Natacha Muriel e López Gallucci, das 19h às 22h. 

O auditório do Misa sedia o I Seminário Geppeci - Infância(s) e Educação das Crianças: lutas, resistências e abordagens com a coordenação de Cleriston Izidro,  que vai das 10h às 19h. Em seguida, das 19h30 às 20h30 começa a palestra Adaptação (do livro ao roteiro) com José Roberto Torero.

Já quem aprecia uma boa conversa pode participar na Praça da Igreja Nossa Senhora Mãe do Povo, às 9h do bate-papo Como se escreve um livro? (para crianças) com o escritor, Roberto Torero. A partir das 14h, vai rolar o Conta para encantar com a Companhia Literando.

Para quem gosta de dança e música, na Praça Dois Leões a arte continua, às 14h com a performance Lab Dança; às 15h começa a apresentação Musical Escola com Jayme de Altavila e às 21h a música termina com Mari da Costa. No Rex Bar às 19h30 acontece a performance de dança Eu, farrapo.

No Pavilhão das Oficinas, em frente ao Iphan, irão ocorrer várias oficinas, mesas-redondas e mini-cursos espalhados entre as oito salas durante todo os dia; dentre eles o Minicurso Produção e publicação de artigo científico com Elione Nogueira e Diógenes, das 10h30 às 13h30; Palestra da V Semana Nacional de Filosofia Síntese e Dado Sensível, o problema da distinção entre Forma da Intuição e Intuição Formal com José Luciano, Verçosa Marques, das 17h às 18h e a mesa-redonda Múltiplos olhares sobre o futebol com a professora Lídia Ramires.

Programação Infantil

Para as crianças a Bienal preparou no Espaço Semed que fica no Forte 18 de Copabana (por trás do Misa), a oficina Educação patrimonial (Brincando e aprendendo sobre Alagoas) com Adriana Capretz que vai acontecer em dois horários, durante a manhã às 10h30 e no horário da tarde às 16h.

Tudo isso e muito mais fazem parte do terceiro dia da 9ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas. 

Confira a programação completa no site. Acompanhe a cobertura completa em nosso site redes sociais e também na Rádio Ufal.